Como descobrir a fonte de uma letra?
11/05/2020
Vulnerabilidade no Site Kit by Google no WordPress
17/05/2020
Mostrar tudo

Como melhorar um conteúdo para SEO

web.dev

Você precisa de um guia de SEO para iniciantes? Você está cansado de ouvir esse termo e não entender o que exatamente significa ou como funciona? Descubra agora como melhorar um conteúdo para SEO!

Dominar os traços mais refinados e as tendências de SEO leva tempo. Mas o guia de SEO para iniciantes será mais que suficiente para ajudá-lo a aprender o básico e começar a obter resultados.

De fato, se você deseja aumentar seu tráfego para ter mais chances de obter conversões, anote tudo o que informarei!

1. Melhore o título do conteúdo

Às vezes um pequeno ajuste para um título pode fazer uma grande diferença, especialmente se sua plataforma gera títulos padrão baseados nas tags de sua taxonomia e no nome do site.

As suas tags de título fazem sentido? Você pode torná-las mais específicas ou relevantes? Por exemplo, adicionar “sapatos” à tag de título acima pode ser um ajuste de bom senso: “Sapatos de Mulher – [Seu Site]”.

2. Domine a pesquisa por palavra-chave

Um bom programa de SEO para iniciantes conta com a pesquisa de palavras-chave:

  1. Conhecer as palavras e frases dos verdadeiros buscadores
  2. Determinar quais palavras-chave devem ser alvo
  3. Medir a demanda por seus produtos.

Os marqueteiros tendem a usar o jargão da sua indústria e marca. Não assuma que você sabe o que os consumidores querem e como eles buscam – faça a pesquisa.

As melhores ferramentas de palavras-chave oferecem uma pontuação de demanda para cada tema.

O Google Keyword Planner é a ferramenta gratuita de pesquisa por palavra-chave, embora você precise de uma campanha ativa de anúncios do Google para acessar os dados mais úteis.

A maioria das outras ferramentas de palavras-chave quantitativas requerem uma assinatura paga. Mas algumas ainda sugerem palavras-chave, de graça, sem fornecer dados sobre popularidade.

3. Entenda a sua concorrência

Identifique seus concorrentes de pesquisa orgânica – não necessariamente os sites que vendem produtos e serviços exatos, mas também sites informativos e grandes varejistas que competem pelas mesmas frases. Pergunte-se:

  1. O que eles estão fazendo bem na busca orgânica?
  2. Que temas de conteúdo eles incluem que você não inclui?
  3. Como eles estruturam seu site para direcionar palavras-chave valiosas?
  4. Como eles engajam os compradores?

Além disso, estude suas opiniões e atividades nas mídias sociais para identificar produtos ou informações do site que possam melhorar suas próprias ofertas e experiência do usuário.

4. Mapeie as palavras-chave

Sabendo o que os consumidores querem e as frases de busca que utilizam, mapeie as palavras-chave para cada página do seu site.

Crie uma planilha com todas as páginas críticas na navegação do seu site e mapeie palavras-chave primárias e secundárias exclusivas para cada uma delas. Crie novas páginas para palavras-chave de alto valor não atribuídas.

Use temas de palavras-chave de cauda longa que conduzem menos buscas e são normalmente mais específicos como “como tirar vinho tinto do tapete” em posts de blog, páginas de perguntas frequentes e páginas de produtos.

5. Otimize o seu site

Com o seu mapa de palavras-chave em mãos, o próximo passo é implementar SEO na página, inclusive:

  1. Atualizando o conteúdo das páginas para incluir as palavras-chave;
  2. Criação de novas páginas (para palavras-chave não atribuídas) com texto e, potencialmente, gráficos, áudio e vídeo;
  3. Lançamento de uma nova seção, rica em palavras-chave, como um blog ou portal de educação.

Foco na relevância dos elementos textuais de cada página – as tags de título, meta-descrições, cabeçalhos, conteúdo corporal – para os temas das palavras-chave que os buscadores utilizam.

6. Produza conteúdo regularmente

Crie conteúdo contínuo sob medida para o seu público. Você não precisa expulsar um novo post de blog ou outro conteúdo todos os dias. Isso é irrealista para muitos sites de comércio eletrônico.

Basta publicar conteúdo único pelo menos mensalmente, se não semanalmente. Consistência é fundamental.

O “conteúdo” não precisa ser apenas texto. Use ilustrações, fotos de produtos, vídeos de como fazer, ou qualquer outro conteúdo que ajude os compradores. Entregar valor é vital.

Se o conteúdo não preenche uma necessidade ou envolve seus clientes, você perdeu seu tempo e o deles.

7. Construa seu perfil de links

Perfil de links é a quantidade de sites de alta qualidade, topicamente relevantes que se ligam ao seu. Links de autoridade e de relevância contextual são os dois principais fatores de classificação orgânica. Combinados, a aquisição de links e o marketing de conteúdo aumentam naturalmente o seu perfil.

Marketing de conteúdo para SEO envolve a criação, digamos, de artigos, vídeos e podcasts que as pessoas querem compartilhar e para os quais querem linkar. Como o número de pessoas expostas ao conteúdo aumenta, aumenta também o potencial para links.

A aquisição de links, por outro lado, envolve:

  1. Identificação de páginas ou sites de alto valor que são topicamente relevantes;
  2. Descobrir como tornar seu conteúdo valioso para o proprietário desse site; e
  3. Chegar diretamente para solicitar um link ou um arranjo que levasse a um link, como um post de convidado ou uma entrevista.

O Google aconselha os proprietários de sites a construírem sites atraentes sobre os quais os usuários queiram contar aos seus amigos. A pesquisa de palavras-chave no passo 2, acima, vem a calhar, pois fornece uma ideia dos locais mais influentes e com melhor classificação para abordar.

Considerações Finais

Se você estiver preso, faça perguntas em uma das muitas comunidades de SEO. O Webmaster Forum do Google é um local útil para começar. Os participantes incluem funcionários do Google, profissionais de SEO, profissionais de marketing e desenvolvedores.

O Facebook é um veículo popular para pedir conselhos à comunidade de SEO. Certifique-se de estudar e aumentar suas chances de estar posicionado nas buscas. Nunca esqueça, no entanto, que há muita desinformação de SEO. Tente verificar a fonte.

Para mais dicas, acesse o site Guerrilha Mkt!