Marketing de afiliados: como funciona e como ganhar dinheiro

illustration-team-management-cartoon-flat_81522-3998
Marketing de Afiliado

Marketing de afiliados: como funciona e como ganhar dinheiro

Tenho certeza de que você já ouviu falar de marketing de afiliados, mas não entendeu completamente como isso funciona, como as pessoas conseguem ganhar dinheiro e, de maneira mais geral, o que é marketing de afiliados.

O marketing de afiliados  é um contrato comercial basicamente entre duas ou três partes:

  • Anunciante ou comerciante, ou: a empresa que fornece bens ou serviços
  • Afiliado ou editor, ou seja: o vendedor online
  • Rede de afiliados (em alguns casos)

Entre o anunciante e o editor, geralmente existe a rede afiliada, que regula cada transação e atua entre as duas partes. Há casos em que o anunciante tem seu próprio programa de afiliados e cuida do gerenciamento de seus afiliados de forma independente (por exemplo, Amazon).

O programa de afiliados possui muitos sinônimos, como “programa de parceiros” ou “marketing de afiliados”.

Como o marketing de afiliados funciona?

Para entender como  o modelo de negócios de afiliados funciona, é preciso lembrar que é um relacionamento entre duas ou três entidades: anunciante, editor e plataforma de afiliados, enquanto a plataforma pode ser gerenciada por redes ou  programas de afiliados.

A rede de afiliados desempenha um papel importante nesse relacionamento, pois regula todas as transações técnicas e econômicas que ocorrem entre editores e anunciantes.

O afiliado só ganha se gerar uma conversão para uma campanha promocional ou programa de afiliados e se obtiver desempenho ou CPA (custo por ação).

Quem é o afiliado e como funciona?

O afiliado é um vendedor online que usa a Internet criando sites, blogs, páginas e grupos em redes sociais como Facebook e Instagram, listas de e-mail (bancos de dados), canais do YouTube etc.

A vantagem desse trabalho é que não há relacionamentos exclusivos entre afiliado e anunciante; por esse motivo, o afiliado pode optar por trabalhar com vários anunciantes ao mesmo tempo, também pertencentes à mesma categoria de produto.

Por exemplo, ele pode atuar em empresas como Amazon, Americanas, Submarino e etc.

A capacidade de escolher entre milhares de anunciantes, no entanto, tem seus prós e contras:

Vantagens:

  • É como se pudéssemos escolher clientes para trabalhar, assim você tem a oportunidade de trabalhar com grandes marcas, sem gastar meses em orçamentos, gerenciamento de orçamento e convencer o departamento de marketing. Existe um pagamento acordado por lead ou venda e, se você obtiver resultados, trabalhará, caso contrário, abandonará a oferta.
  • O afiliado quase nunca estará em contato com o departamento de marketing do anunciante, para que ele possa gerenciar todo o trabalho de forma independente e seguir as políticas.

Desvantagens:

  • A capacidade de escolher entre muitos anunciantes e suas ofertas geralmente é uma ferramenta de desfocagem. Há quem queira fazer tudo imediatamente e acredita que a inserção de mais ofertas na mesma página pode oferecer mais opções ao usuário final. No entanto, isso pode ser confuso para o usuário e dificilmente conseguiremos guiá-lo para a conversão.

Quem é o anunciante ou comerciante?

O anunciante é alguém que disponibiliza um produto ou serviço para venda, mas não apenas. É uma empresa que precisa basicamente de 3 coisas:

  • Reconhecimento da marca: torne sua marca conhecida
  • Geração de leads: adquira contatos para converter
  • Venda: finalize a venda de um produto ou serviço

Vender é uma conversão direta, enquanto marca e geração de leads são conversões indiretas, mas sempre com um objetivo claro – caso contrário, seria um desperdício de tempo e dinheiro.

O anunciante cria ofertas para as quais ele cria páginas, define regras promocionais (políticas) e garante que os códigos de rastreamento estejam perfeitamente configurados. Em seguida, ele também define uma comissão a ser paga ao afiliado por cada transação individual.

Como ganhar dinheiro com marketing afiliado

Para ganhar com as afiliações, é necessário saber que cada campanha ou programa promocional tem seu próprio plano de comissão, também chamado de pagamento, que geralmente é chamado de CPA (custo por ação). A ação pode ser:

  • Lead (PPL , Pay Per Lead): Comissão para aquisição de contatos;
  • Venda (PPS , Pay Per Sale): comissão pela venda;
  • Impressão (CPM , custo por impressão de milha): comissão por visualizações / impressões;
  • Clique (PPC , Pay Per Click): Comissão por clique;
  • Instalação (PPI , Pagamento por instalação): taxa de download.

Portanto, cada transação está vinculada a uma única ação e o afiliado ganhará consequentemente em cada ação solicitada pelo anunciante. Cada campanha promocional ou programa afiliado possui uma tabela de plano de comissão, política (tipos de promoções permitidos) e peças gráficas autorizadas.

Quanto dá pra ganhar com marketing de afiliado?

Com o marketing de afiliado, você pode ganhar muito ou falhar miseravelmente. Não existe uma regra para esse negócio e, acima de tudo, diz-se que quanto mais você trabalha, mais ganha, mas se o trabalho for feito sem critérios, você corre o risco de gastar tempo, mas acima de tudo, dinheiro.

A atividade do afiliado deve ser entendida como um trabalho real e, como tal, envolve todos os riscos de qualquer atividade comercial.

Para trabalhar bem com as afiliações, é necessário perceber que você se torna um empreendedor digital.

A atividade do afiliado tem como objetivo gerar tráfego e converter usuários. Somente quando um usuário gera uma ação, também chamada de conversão, é recebida uma porcentagem nas vendas ou um valor fixo nos leads, cliques ou impressões e, portanto, o ganho.

Quanto mais você vende, mais você ganha!

Para ganhar com as afiliações, é bom trabalhar em diferentes categorias de produtos e com vários anunciantes. Dessa forma, será possível diversificar seus negócios (sem causar confusão).

Ganhar com marketing de afiliados não é fácil

O ganho vem de um trabalho bem feito. Ganhar com marketing de afiliados não é simples, mas não é impossível!

Os ganhos são provenientes de uma porcentagem das vendas que geramos ou de atividades de geração de leads ou outras atividades remuneradas por cliques, impressões etc., portanto, dependem das ações que o usuário gerou.

O afiliado deve ser bom em fornecer exatamente ao usuário o que ele precisa e sempre fazer com que a publicidade que ele propõe proponha uma oportunidade. Isso é muito difícil online, mas quanto melhor o afiliado, maior será sua taxa de conversão.

As “fórmulas mágicas” não funcionam. Não é possível ganhar sem o menor esforço; portanto, tenha cuidado com quem oferecerá essas promessas.

O que preciso para ser afiliado?

Para fazer este trabalho, não é necessário ter qualificações especiais.

É necessário ter:

  • Um bom conhecimento em website
  • Conhecimento de direitos autorais,
  • Estar familiarizado com números,
  • Propensão a passar muitas horas no PC,
  • Bons conhecimentos da língua inglesa,
  • Desejo de estudar, observar, testar e otimizar técnicas que levarão à monetização

Como escolher um programa de afiliado

Um programa de afiliado deve sempre ser escolhido com base nas características que podem ser:

  • Quantidade de ofertas disponíveis
  • Rastreando a confiabilidade
  • Data e formas de pagamento
  • Assistência e disponibilidade de gerentes afiliados
  • Ferramentas disponíveis para o afiliado

Todos esses recursos permitem que afiliados e anunciantes funcionem bem. Cada afiliado deve avaliá-lo em primeira mão.

Não há melhores redes ou melhores programas de afiliados. O melhor é aquele que melhor atende às suas necessidades!

Hoje eu trabalho com a Plataforma Especializada em Marketing de Afiliados Lomadee, que possui lojas como Amazon, Americanas, Shoptime, Centauro, Netshoes, Submarino, Positivo e muitas outras. Para conhecer o programa de afiliados basta clicar no link!

Leia também: Marketing de Afiliados ou Dropshipping?

Leave your thought here

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *